Lauro Chaman é bronze no Mundial na Holanda

Com a seleção brasileira de paraciclismo, Lauro Chaman (Memorial-Santos/FUPES) faturou a medalha de bronze no Campeonato Mundial de Paraciclismo de Contrarrelógio, disputado nesta quinta-feira, 12, em Emmen, Holanda.

Pódio Mundial e CRI (Foto: Divulgação / CBC)

Em um percurso de 31,2km, o brasileiro cravou o tempo de 39min31seg15, apenas 8seg do campeão, o australiano Alistair Donohoe. A medalha de prata ficou com o holandês Daniel Abraham.

Lauro durante o CRI (Foto: Divulgação / CBC)

Bronze em 2017 e prata em 2018, Chaman se diz feliz com o resultado: “O Mundial é uma prova bem disputada, com os melhores do mundo. O contrarrelógio é uma prova rápida, de detalhes, então qualquer segundo faz uma grande diferença. Estou muito feliz em poder manter bons resultados desde as duas última edições”.

O atleta também agradeceu o apoio a todos os envolvidos no ciclismo nacional: “Posso dizer que esta conquista é nossa, pois não seria possível sem a ajuda de todos que apoiam o ciclismo brasileiro. Meu agradecimento especial para Deus, minha família, minha equipe Memorial Santos e todos os envolvidos”.

O Campeonato Mundial segue no Sábado, 14, com a prova de Estrada, o qual o atleta foi campeão em 2017. “Agora o meu foco é fazer uma boa prova Sábado. Vou tentar chegar nas primeiras colocações, mas o objetivo está em somar o maior número de pontos no ranking mundial para o Brasil ter o maior número de vagas na olimpíadas de Tóquio”.

Lembrando que os dez primeiros colocados irão pontuar no ranking.

A Equipe Memorial-Santos/Fupes tem o patrocínio da Memorial Necrópole e Prefeitura de Santos, através da Fundação Pró Esporte de Santos, co-patrocinio de Espaçolaser Depilação, Unisanta, Penks Vestuário e Mauro Ribeiro Suporte, além do apoio de Bontrager, Kode, Clínica Move e Suporte Comunica.

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *